Cabeleireiro português em Paris reabre portas com agenda cheia
Cabeleireiro português em Paris reabre portas com agenda cheia

Os cabeleireiros “Mário Lopes”, em Paris, reabriram esta semana as portas, após 55 dias de confinamento, com a agenda cheia e todas as medidas de segurança necessárias para acolher novamente os clientes. Mário Lopes, que aos 13 anos trocou Ourém por Paris, bem como a filha, Élodie Lopes, são cabeleireiros de renome em França tendo já recebido a distinção de melhores cabeleireiros do país, e as marcações esgotaram antes do dia da reabertura. Para manter a confiança por parte dos clientes, foi preciso investir em máscaras, gel desinfetante e outros materiais. Custos que não vão ser recuperados. Porque mesmo em desconfinamento, o salão vai passar a atender metade dos clientes que atendia antes.

Cap Magellan apela à não deslocação de França a Portugal na Páscoa
Cap Magellan apela à não deslocação de França a Portugal na Páscoa

A Associação de jovens franceses lusodescendentes Cap Magellan lançou esta semana um apelo dirigido à comunidade portuguesa emigrada em França, para “resistir ao apelo de viajar para Portugal” neste período da Páscoa. Em comunicado, a associação reconhece “a importância da reunificação familiar”, mas pede “este esforço adicional”. “Todos devem resistir ao apelo de viajar para Portugal, mesmo que seja o vosso país e que se sinta seguro lá; mesmo que as viagens estivessem previstas e que a família vos aguarde lá impacientemente e com saudade”, refere ainda a nota. A mesma resistência deve ser aplicada às reuniões familiares em França, onde a palavra de ordem é também “reste chez toi”.

Cap Magellan promove ensino superior português entre os lusodescendentes
Cap Magellan promove ensino superior português entre os lusodescendentes

Bordéus, Lyon e Paris foram as cidades francesas por onde passou a LusoSup, uma ação da Cap Magellan. A iniciativa, levada a cabo desde o início do ano por esta associação de jovens lusodescendentes em França, tem por objetivo dar a conhecer a quota de entrada no ensino superior reservada aos estudantes com origens portuguesas e que nunca é preenchida. Esta não é a primeira vez que esta associação participa em salões de estudantes, mas é a primeira vez que organiza uma digressão concertada. A Cap Magellan quer agora expandir esta iniciativa, alargando-a sobretudo aos liceus nas regiões onde a comunidade portuguesa é mais numerosa.

Empresário leiriense nomeado como português de valor
Empresário leiriense nomeado como português de valor

O leiriense Armindo Casalinho, empresário na área da construção, radicado em França, é um dos nomeados para a 10.ª edição do prémio "Portugueses de Valor", uma iniciativa organizada pela revista da diáspora Lusopress, meio de comunicação social da comunidade lusa em França. A iniciativa aposta em “valorizar anualmente 100 portugueses que se encontram espalhados pelo mundo, e cujo percurso profissional, pessoal ou associativo se tem destacado em prol das Comunidades Portuguesas”, revela a revista. O processo de nomeações para a edição dos “Portugueses de Valor 2020” prossegue, sendo que Armindo Casalinho é, para já, o único emigrante natural da região, a figurar entre os nomeados.

Remessas dos emigrantes subiram 3,6% em 2018 para 3,68 mil milhões
Remessas dos emigrantes subiram 3,6% em 2018 para 3,68 mil milhões

As remessas dos emigrantes subiram 3,6% em 2018, chegando aos 3,68 mil milhões de euros, com mais de metade deste valor a vir da França e Suíça, segundo o Relatório da Emigração, divulgado em dezembro. "As transferências financeiras provenientes da emigração portuguesa têm verificado uma tendência de crescimento, atingindo em 2018 o valor de 3.684.540.000 euros, o que representa 1.8% do PIB nacional", lê-se no documento, que assinala que entre 2014 e 2018 "registou-se um aumento de 20.25%, o que corresponde a um acréscimo de mais de 600 milhões de euros". Reino Unido, Estados Unidos da América, Alemanha, Angola e Espanha são outros países de onde provêem as remessas.

UNESCO declara dia 5 de maio como Dia Mundial da Língua Portuguesa
UNESCO declara dia 5 de maio como Dia Mundial da Língua Portuguesa

A 25 de novembro, a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), ratificou a celebração do Dia Mundial da Língua Portuguesa a 5 de maio, tornando oficial a proposta apresentada pelos países lusófonos. “É o culminar de um longo percurso que se iniciou em 2009 com a instituição do dia 5 de maio como Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na Comunidade de Países de Língua Portuguesa. É o reconhecimento do papel e da contribuição da Língua Portuguesa para a preservação e disseminação da civilização e da cultura humanas”, referiu Eduardo Ferro Rodrigues, presidente da Assembleia da República, em nota de imprensa. Ilustração de Miguel Feraso Cabral

Comunidade portuguesa comemora São Martinho em Aulnay-sous-Bois
Comunidade portuguesa comemora São Martinho em Aulnay-sous-Bois

A exposição "De lágrimas e de lama - A Primeira Guerra Mundial nos olhos de um soldado" esteve patente no último fim de semana na sede da Associação de Cultura Portuguesa e Rosa dos Ventos de Aulnay-sous-Bois, em Paris, França, naquela que foi a última apresentação da exposição. O momento foi aproveitado também pela comunidade portuguesa para assinalar o magusto de São Martinho. Entre os convidados presentes estiveram opresidente da Câmara de Aulnay-sous-Bois Bruno Bechizza, a senadora Annie Delmont-Koropoulis, o eurodeputado Carlos Gonçalves e vários autarcas com origem portuguesa.

Adélio Amaro e Rancho da Região de Leiria distinguidos em França
Adélio Amaro e Rancho da Região de Leiria distinguidos em França

O leiriense Adélio Amaro e o Rancho da Região de Leiria, através da sua presidente, Sandra Vaz, receberam das mãos do presidente Xavier Lemoine a Medalha de Honra do Município de Montfermeil (Paris, França), no passado dia 3 de novembro. A distinção aconteceu no âmbito da comemoração dos 50 anos do Grupo Folclórico Alegria dos Emigrantes de Montfermeil, representante da Alta Estremadura em França. Os três dias de celebração das Bodas de Ouro do Grupo Alegria dos Emigrantes de Montfermeil terminaram com um festival de folclore, com a participação de seis grupos, dois deles franceses, onde o Rancho da Região de Leiria foi o convidado especial, encerrando as cerimónias com a sua atuação.

À descoberta de Lourdes

No dia 3 do passado mês de abril, os alunos do Colégio de Nossa Senhora de Fátima fizeram uma longa viagem desde Leiria, atravessando a Península ibérica, até à cidade de Lourdes para um encontro religioso. Durante três dias fizeram várias atividades. Visitaram a capela da Bernadette e a cidade de Lourdes. Deslocaram-se ainda a Toulouse, e exploraram as icónicas grutas de Betharram e o santuário da região. Ao fim dos três dias regressaram a Leiria. Os alunos que participaram nesta atividade gostaram muito e tiraram grande proveito dela.

Portugal mostra em Paris o seu lado “slow”
Portugal mostra em Paris o seu lado “slow”

Será mesmo em frente à Basílica do Sacré Coeur, em Paris, que um stand de Portugal vai estar a promover um turismo… slow. O percurso do gosto, de que fazem parte o pão-de-ló, doces conventuais, bolachas e biscoitos, queijos, mel, compotas, licores, enchidos, fogaças e vinhos, quer cativar os mais de 500 mil visitantes que a Fête des Vendanges, em Montmartre movimenta de 11 a 13 de outubro. Portugal vai estar representado de norte a sul. “São 10 municípios e duas comunidades intermunicipais, que tornam esta presença portuguesa a maior de sempre”, adianta a lusodescendente Ana Sofia Oliveira da My Genuine Portugal, empresa responsável pela participação de Portugal no evento.

Casting de Cante Alentejano em Paris
Casting de Cante Alentejano em Paris

Quer integrar o grupo Cantadores de Paris e dedicar-se ao Cante Alentejano? A Compagnie des Rêves Lucides, dirigida por Carlos Balbino, vai abrir duas oficinas de Cante, a partir de outubro. Antes disso, porém, promove um casting a 17 de setembro, avança o Lusojornal. Carlos Balbino, que dirige a Compagnie, explica que são aceites todos o níveis e que não é necessário saber falar português. Apenas é pedida uma inscrição de 20 euros. Durante a oficina “serão dadas as bases para cantar em grupo e para fazer harmonias”, explica Carlos Balbino ao Lusojornal. “Os mais motivados poderão integrar o grupo Cantadores de Paris e atuar em concertos de canto tradicional". Imagem: revelucides.org

Cidadela de Carcassonne

Os portugueses do OPLICO visitaram Carcassonne, situada no sul de França. É uma cidade que se desenvolveu juntos às margens do rio Aude e de La City, uma das maiores construções medievais da Europa e uma das mais bem preservadas. Tem muralhas duplas com 32 torres pontiagudas. No interior existem imensas lojas de doces, roupas, lembranças, restaurantes, etc. Existe também o Château Comtal, um castelo do século 12. Carcassonne foi dominada pelos povos cátaros, religiosos fundamentalistas, que foram massacrados pelas Cruzadas do século 13. No museu da Inquisição e no da Tortura dá para observar vários instrumentos de tortura utilizados pela Inquisição e a descrição de como eram utilizados.

Dia de Portugal

Por ocasião do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades portuguesas, o embaixador de Portugal em Paris e a senhora Torres - Pereira convidaram algumas personalidades da diáspora lusa. Durante o seu discurso de boas-vindas, o embaixador recordou os fortes laços entre Portugal e França, informando sobre o próximo intercâmbio cultural.

Contempla Trilhos em mais um encontro OPLICO

No dia 5 de junho, dois representantes da Associação Contempla Trilhos, Ley Garcia e uma colega, partiram para Auvillar, França, para mais um encontro da parceria Portugal, França, Lituânia, Alemanha e Noruega, no âmbito do projecto OPLICO. Começaram por visitar uma escola secundária e centro de treino e aprendizagem, em La Réole, uma cidade histórica, onde lhes explicaram como é que têm trabalhado em prol da inclusão social dos imigrantes. Nesta escola, que os prepara para o ensino superior, tiveram oportunidade de conversar com algumas das pessoas que já estão integradas na comunidade para perceber a sua história de vida, especialmente desde que entraram em França.

Fogo na Catedral de Paris

Na segunda-feira, 15 de abril, depois de 6h30 da tarde, um suposto fogo acidental foi declarado na carpintaria da Catedral "Notre Dame de Paris". Em algumas horas, ficou destruída parte da jóia de arte gótica. Uma memória tangível da experiência dos nossos antepassados perdida para sempre.

Emigrantes solidários entregaram 8.100 euros a jovem com cancro
Emigrantes solidários entregaram 8.100 euros a jovem com cancro

A iniciativa “Renascer Tânia Lopes” permitiu transferir para a conta da jovem natural da freguesia de Abiul, Pombal, a quem foi diagnosticado, em 2016, um tumor cerebral, o valor de 8.100 euros. Um grupo de pombalenses com residência em Paris, decidiu juntar-se para ajudar Tânia Lopes, de 29 anos, que está a atravessar dificuldades financeiras, uma vez que os tratamentos a que está a ser submetida são bastante dispendiosos. Por iniciativa da empresária Irene Oliveira, um grupo de pombalenses reuniu-se a 23 de março, no restaurante Cumeada, em Champigny-sur-Marne, num jantar solidário e parte da receita já foi entregue à jovem.

Emigrantes portugueses realizam jantar solidário para jovem que recupera de tumor
Emigrantes portugueses realizam jantar solidário para jovem que recupera de tumor

Um grupo de pombalenses com residência em Paris, decidiu juntar-se para ajudar Tânia Lopes, uma jovem natural da freguesia de Abiul, Pombal, a quem foi diagnosticado, em 2016, um tumor cerebral. A jovem tem 29 anos de idade e está a atravessar dificuldades económicas, uma vez que os tratamentos a que está a ser submetida são bastante dispendiosos. Nesse sentido, os pombalenses vão reunir-se no sábado, no restaurante Cumeada, em Champigny Sur Marne, num jantar solidário e parte da receita reverterá para as despesas de saúde da jovem. A iniciativa partiu da empresária pombalense Irene Oliveira, que recentemente visitou a jovem em Portugal.

Gala do Instituto do Mundo Lusófono distingue emigrante leiriense

O empresário Carlos de Matos e o presidente da Câmara de Leiria, Raul Castro, participam esta noite na Gala da Lusofonia, uma iniciativa do Instituto do Mundo Lusófono. O evento contará com a presença de personalidades dos universos do desporto, cinema, escultura, literatura, música, pintura, fotografia, investigação, ensino superior, mundo empresarial, diplomacia, política e ecologia. O empresário emigrante, natural de Leiria, Carlos de Matos será um dos galardoados da noite, com o prémio Diáspora. Para Raul Castro "todas as iniciativas que aproximem a diáspora às origens, reconhecendo o seu percurso, são sempre louváveis e merecedoras do nosso aplauso".