Aniversário Salgueiro Maia

No dia 01 de julho, a Associação Salgueiro Maia (ASM) comemorou o 77º aniversário do nascimento do seu Patrono, Tenente Coronel Salgueiro Maia, com ações em várias localidades, nomeadamente em Castelo de Vide, onde está sepultado e, em Santarém, onde tem a sua sede na ex-Escola Prática de Cavalaria. Junto à estátua do herói do 25 de abril existente nesta cidade, o Tesoureiro da ASM João Caldeira colocou um ramo de flores logo de manhã. Pelas 10:30, os representantes da ASM Ley Garcia e António Alves e os da CMS, Presidente Dr. Ricardo Gonçalves, Vice-Presidente, Dra Inês Barroso e a Vereadora Dra Cristina Casanova homenagearam Salgueiro Maia com a colocação de uma coroa de flores.

Remodelação da sede da associação Carlotazinha

No dia de Portugal também se comemoraram as obras de remodelação da sede da associação Carlotazinha, em Leiria, com um jantar convívio em honra dos mecenas que contribuíram para as mesmas. Com uma equipa coesa e bem integrada, liderada pela Fernanda Pereira, a Carlotazinha conseguiu fazer as obras, onde a sua Embaixadora, Sónia Pedrosa, teve um papel muito importante, e continuou a prestar apoio psicológico e a distribuir cabazes de alimentos a famílias carenciadas com o apoio das voluntárias. Com um espaço mais bonito, acolhedor e funcional, a Carlotazinha vai ministrar aqui o curso ADC Cuidador com o apoio da CML, de Formadores voluntários e com a certificação da Aidlearn.

Comemorações do 10 de junho apenas em território nacional
Comemorações do 10 de junho apenas em território nacional

Pelo segundo ano consecutivo, devido à pandemia da Covid-19, o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas é apenas celebrado em território nacional. As comemorações no estrangeiro, que chegaram a estar previstas para Bruxelas, junto da comunidade portuguesa na Bélgica, foram canceladas. No seu primeiro ano de mandato, Marcelo Rebelo de Sousa lançou um modelo original de celebração do 10 de Junho, com cerimónias em território nacional e junto de comunidades emigrantes no estrangeiro. Por estes dias, os representantes dos órgãos de soberania encontram-se na Madeira e restringem a esse território as celebrações de uma das datas com maior significado para o país.

Inauguração da sede da Associação Salgueiro Maia

Foi no dia 29 de maio que se realizou a cerimónia de inauguração da sede da Associação Salgueiro Maia (ASM), em Santarém, num espaço da antiga Escola Prática de Cavalaria. Este local foi escolhido por ter sido de onde partiu a coluna de Salgueiro Maia no dia 25 de abril de 74, um Capitão de Abril cujo legado de valores esta associação pretende preservar. Entregaram-se diplomas de Sócios Honoríficos às câmaras municipais de Santarém, Castelo de Vide, Lisboa e Arruda dos Vinhos, à Prof. Natércia Salgueiro Maia e ao Coronel Garcia Correia, bem como um diploma de Sócio Benemérito à União de Freguesias da Cidade de Santarém. O Nuno Barroso e a Rafaela Albuquerque cantaram o hino nacional.

Contingente especial de acesso ao ensino superior alargado a lusodescendentes
Contingente especial de acesso ao ensino superior alargado a lusodescendentes

As condições especiais de acesso ao ensino superior em Portugal destinadas a emigrantes e seus familiares vão ser alargadas, no próximo ano letivo, a todos os lusodescendentes. De acordo com o Governo, o acesso ao ensino superior público passa a contemplar, o “contingente especial para candidatos emigrantes portugueses, familiares que com eles residam e lusodescendentes”. Estes candidatos vão preencher 7% da totalidade das vagas destinadas a provenientes das comunidades portuguesas. Em causa estão cerca de 3.500 vagas, em 34 instituições públicas e mais de 1.000 cursos, em todas as universidades e institutos politécnicos públicos.

Emigração portuguesa para a Alemanha diminuiu 7% em 2020
Emigração portuguesa para a Alemanha diminuiu 7% em 2020

Em 2020, 5.380 portugueses entraram na Alemanha com intenção desse fixarem naquele país, segundo dados do Statistisches Bundesamt Deutschland. Este organismo alemão contabilizou um total de 740.305 entradas de estrangeiros, tendo os portugueses representado 0.7% desse total. A emigração portuguesa para a Alemanha diminuiu 7% em 2020, por comparação com 2019, valores que vêm confirmar a tendência de decréscimo nos últimos anos, comum à maior parte dos destinos dos emigrantes portugueses, relevou o Observatório da Emigração.

Luso-canadiano inspira-se na comunidade portuguesa para desenvolver negócios
Luso-canadiano inspira-se na comunidade portuguesa para desenvolver negócios

O trabalho junto da comunidade portuguesa de Toronto inspirou Andrew Arruda para “revolucionar a indústria da advocacia” e o luso-canadiano é hoje proprietário de duas companhias avaliadas em milhões de dólares. “Foi a trabalhar junto da comunidade portuguesa que me inspirei para criar a minha primeira companhia. Porque as pessoas adoráveis e fantásticas trabalhadoras não podiam pagar aos advogados decidi criar a Ross Intelligence”, afirmou o advogado e empresário de 31 anos, filho de emigrantes provenientes de São Miguel (Açores). Neste momento, quer também deixar a sua marca no sector da Saúde através de uma nova empresa lançada oficialmente este mês: a “Automate Medical”.

Inquérito às experiências de regresso dos emigrantes
Inquérito às experiências de regresso dos emigrantes

As “Expectativas e experiências de regresso dos novos emigrantes portugueses: reintegração e mobilidades” estão a ser objeto de investigação. O estudo pressupõe a realização de um inquérito a cidadãos de nacionalidade portuguesa e/ou nascidos em Portugal, com 18 e mais anos, que tenham residido no estrangeiro e regressado para viver em Portugal a partir do ano 2000. Financiada pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, a investigação inclui elementos do CICS.Nova.Instituto Politécnico de Leiria, do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra e do CIES, Iscte-Instituto Universitário de Lisboa. Mais informações estão disponíveis na página online do Observatório daEmigração (observat

Governo enaltece comunidades portuguesas na linha da frente e onde foram precisas
Governo enaltece comunidades portuguesas na linha da frente e onde foram precisas

A secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, enalteceu na sua mensagem de Natal a “resiliência” dos portugueses espalhados pelo mundo que, na atual pandemia, estiveram “onde foram necessários, muitas vezes na linha da frente”. “A diáspora portuguesa revelou-se, uma vez mais, solidária e resiliente”, afirmou Berta Nunes, acrescentando: “Nos países onde residem, portugueses e lusodescendentes estiveram onde foram necessários, muitas vezes na linha da frente", a desempenharem funções essenciais à sociedade, nos hospitais, nos lares e em muitos outros serviços”. Sobre a distância que a pandemia impôs, a governante sublinhou que esta “afeta de forma desigual quem está longe".

Mural de Amália mostra Portugal ao Canadá
Mural de Amália mostra Portugal ao Canadá

Com mais de seis metros de altura e localizado no coração do Little Portugal de Toronto, o mural de Amália Rodrigues é motivo de orgulho para a comunidade portuguesa. É um projeto do empresário de Montreal Herman Alves, que começou, no último verão, com o objetivo de criar uma aldeia global virtual colocando 25 murais em pontos centrais da diáspora portuguesa no mundo. “Neste momento já temos quatro murais, em Porto de Mós (Portugal), Montreal (Quebeque), em Toronto e em Mississauga (Ontário)”, afirmou o empresário. Os murais em Toronto e em Mississauga foram inaugurados no passado dia 30 de outubro, com uma cerimónia simbólica. Foto: Amigos do Bairro Português de Montreal

Crítica Musical: Bon Jovi lança "*2020*" com letras focadas na 'consciência social'

Manter 'praticamente' a mesma formação desde 1983, (tirando o baixista Alec John Such e Ricthie Sambora que volta em breve), e ainda fazer hits e lotar shows, é uma missão que o 'Bon Jovi' vem tirando de letra. Prova disso está em "Bon Jovi - *2020*", trabalho que chega com 'profundidade de composição' dentro de um ano eleitoral desafiador. Feito no estúdio de 'Jon Bon Jovi', o trabalho mostra a garra do grupo, que mesmo com tanto tempo de carreira, não deixou a peteca cair. Como disse Jon: "É um registro histórico". Vale a pena escutar. Fotos: BJ

Reaberto memorial português aos mortos na Grande Guerra em França
Reaberto memorial português aos mortos na Grande Guerra em França

O Memorial aos Mortos na Grande Guerra presente no cemitério de Boulogne-sur-Mer, em França, desde 1938, reabriu no passado dia 10 de outubro, após obras de restauro. O memorial encontrava-se degradado e a necessitar de obras de beneficiação. Também as 44 campas de combatentes portugueses foram alvo de intervenção, de forma a devolver-lhes a “dignidade”. Os trabalhos resultaram de uma colaboração entre o Estado-Maior-General das Forças Armadas e a Liga dos Combatentes e, na cerimónia de reabertura, estiveram presentes entidades civis e militares, portuguesas e francesas, incluindo João Gomes Cravinho, Ministro da Defesa Nacional, e José Nunes da Fonseca, Chefe de Estado-Maior do Exército.

Crítica: Há quase 30 anos Michael Jackson reinava nas paradas musicais com o álbum ‘‘Dangerous’’

Há quase 30 anos Michael Jackson reinava nas paradas musicais com o álbum ‘‘Dangerous’’; trabalho vendeu mais de 50 milhões de cópias; “Heal the World” e “Black or White’’ são alguns hits. No final dos anos de 1980, o cantor Michael Jackson era um dos nomes mais fortes na música com "Thriller (1982)" e "Bad (1987)". Mesmo com tanto sucesso, provar que seu som "ainda' poderia fazer a diferença nos anos de 1990, era o grande desafio, mas com "Dangerous (1991)", ele conseguiu! O álbum vendeu mais de 50 milhões de cópias trazendo influências da R&B / Rock e um toque de Tchaikovsky. O disco mostra pela capa que faria história.

Nascimentos em França de mães portuguesas descem 78% em 41 anos
Nascimentos em França de mães portuguesas descem 78% em 41 anos

Os nascimentos em França de mães portuguesas, que representavam 2,8% das crianças nascidas naquele país em 1977, diminuíram 78% em quatro décadas. A conclusão é de uma investigação intitulada “Nascimentos em França de mães portuguesas, 1977-2018”, da autoria de Inês Vidigal, do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-IUL) do Instituto Universitário, e divulgada no passado dia 29 de setembro. Em 1977, verificou-se o maior número de nascimentos da série em análise, 21.127 nascimentos, um contraste significativo com os 4.545, de 2018. No oposto, em 2010 registou-se o valor mais baixo, com apenas 4.350 nascimentos.

Critica: Adriana Calcanhotto lança "Só", álbum que reforça o estilo único de sua poesia

Se para algumas pessoas a quarentena tem-se tornado um momento de desânimo, para outras ela tem sido uma oportunidade de se dedicar ao que se ama, como é o caso da cantora Adriana Calcanhotto. Em praticamente dois meses, ela deu vida a seu novo disco intitulado por "Só (2020)", trabalho que  sucede o álbum "Margem (2019)" e que já na primeira audição, mostra a visão da artista sobre o momento atual. O trabalho de "quarentena" foi o mais rápido de sua carreira, mas primoroso nas letras e ainda melhor que seu último CD. Seu 13° disco de carreira traz nove canções inéditas tendo todos os direitos autorais destinados a instituições de caridade.

Programa Nacional procura facilitar negócios a portugueses na diáspora
Programa Nacional procura facilitar negócios a portugueses na diáspora

Reforçar o apoio ao regresso de portugueses e de lusodescendentes; apoiar o investimento da Diáspora em Portugal; contribuir para a fixação de pessoas e empresas nos territórios do interior; fazer das comunidades portuguesas um fator de promoção da internacionalização de Portugal e de diversificação de mercados da economia nacional são algumas das linhas de ação do Programa Nacional de Apoio ao Investimento da Diáspora. O programa já foi publicado em Diário da República e, entre as novas facilidades, estão o acesso ao serviço “Empresa Online”, o alargamento do “Julgado de Paz Online” e a criação da secção “Medição Familiar Transfronteiriça” (informações em www.portaldascomunidades.mne.pt/).

Série documental procura luso-americanos para mostrar multiculturalidade nos EUA
Série documental procura luso-americanos para mostrar multiculturalidade nos EUA

A realizadora Alexis Barone, que está a desenvolver uma série documental sobre multiculturalidade nos Estados Unidos, procura lusodescendentes para mostrar as especificidades da herança portuguesa no contexto da sociedade norte-americana. "A ideia é levar os americanos que não são emigrantes ou não têm história e cultura além da americana a reconhecerem e aceitarem as dificuldades e a beleza das culturas duais”, disse à Lusa a realizadora. A série vai debruçar-se sobre uma comunidade diferente por episódio, e no caso dos luso-americanos, o plano é acompanhá-los à zona de onde as suas famílias emigraram. A sua intenção é começar as filmagens no verão de 2021.

Atletas do GAU fazem treino de patinagem artística diferente

No passado sábado, dia 15, em vez do habitual treino de patinagem artística ao serviço do grupo Alegre e Unido da Bajouca, a treinadora e umas atletas tiveram a ideia de o fazer de forma diferente. Pegar numa mochila, colocar lanche e almoço e quem quisesse participar, fazer o percurso lagoa da ervedeira, praia do Pedrógão, praia da Vieira e voltar, de patins de quatro rodas, pela estrada atlântica.