Mural de Amália mostra Portugal ao Canadá
Mural de Amália mostra Portugal ao Canadá

Com mais de seis metros de altura e localizado no coração do Little Portugal de Toronto, o mural de Amália Rodrigues é motivo de orgulho para a comunidade portuguesa. É um projeto do empresário de Montreal Herman Alves, que começou, no último verão, com o objetivo de criar uma aldeia global virtual colocando 25 murais em pontos centrais da diáspora portuguesa no mundo. “Neste momento já temos quatro murais, em Porto de Mós (Portugal), Montreal (Quebeque), em Toronto e em Mississauga (Ontário)”, afirmou o empresário. Os murais em Toronto e em Mississauga foram inaugurados no passado dia 30 de outubro, com uma cerimónia simbólica. Foto: Amigos do Bairro Português de Montreal

Crítica Musical: Bon Jovi lança "*2020*" com letras focadas na 'consciência social'

Manter 'praticamente' a mesma formação desde 1983, (tirando o baixista Alec John Such e Ricthie Sambora que volta em breve), e ainda fazer hits e lotar shows, é uma missão que o 'Bon Jovi' vem tirando de letra. Prova disso está em "Bon Jovi - *2020*", trabalho que chega com 'profundidade de composição' dentro de um ano eleitoral desafiador. Feito no estúdio de 'Jon Bon Jovi', o trabalho mostra a garra do grupo, que mesmo com tanto tempo de carreira, não deixou a peteca cair. Como disse Jon: "É um registro histórico". Vale a pena escutar. Fotos: BJ

Reaberto memorial português aos mortos na Grande Guerra em França
Reaberto memorial português aos mortos na Grande Guerra em França

O Memorial aos Mortos na Grande Guerra presente no cemitério de Boulogne-sur-Mer, em França, desde 1938, reabriu no passado dia 10 de outubro, após obras de restauro. O memorial encontrava-se degradado e a necessitar de obras de beneficiação. Também as 44 campas de combatentes portugueses foram alvo de intervenção, de forma a devolver-lhes a “dignidade”. Os trabalhos resultaram de uma colaboração entre o Estado-Maior-General das Forças Armadas e a Liga dos Combatentes e, na cerimónia de reabertura, estiveram presentes entidades civis e militares, portuguesas e francesas, incluindo João Gomes Cravinho, Ministro da Defesa Nacional, e José Nunes da Fonseca, Chefe de Estado-Maior do Exército.

Crítica: Há quase 30 anos Michael Jackson reinava nas paradas musicais com o álbum ‘‘Dangerous’’

Há quase 30 anos Michael Jackson reinava nas paradas musicais com o álbum ‘‘Dangerous’’; trabalho vendeu mais de 50 milhões de cópias; “Heal the World” e “Black or White’’ são alguns hits. No final dos anos de 1980, o cantor Michael Jackson era um dos nomes mais fortes na música com "Thriller (1982)" e "Bad (1987)". Mesmo com tanto sucesso, provar que seu som "ainda' poderia fazer a diferença nos anos de 1990, era o grande desafio, mas com "Dangerous (1991)", ele conseguiu! O álbum vendeu mais de 50 milhões de cópias trazendo influências da R&B / Rock e um toque de Tchaikovsky. O disco mostra pela capa que faria história.

Nascimentos em França de mães portuguesas descem 78% em 41 anos
Nascimentos em França de mães portuguesas descem 78% em 41 anos

Os nascimentos em França de mães portuguesas, que representavam 2,8% das crianças nascidas naquele país em 1977, diminuíram 78% em quatro décadas. A conclusão é de uma investigação intitulada “Nascimentos em França de mães portuguesas, 1977-2018”, da autoria de Inês Vidigal, do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-IUL) do Instituto Universitário, e divulgada no passado dia 29 de setembro. Em 1977, verificou-se o maior número de nascimentos da série em análise, 21.127 nascimentos, um contraste significativo com os 4.545, de 2018. No oposto, em 2010 registou-se o valor mais baixo, com apenas 4.350 nascimentos.

Critica: Adriana Calcanhotto lança "Só", álbum que reforça o estilo único de sua poesia

Se para algumas pessoas a quarentena tem-se tornado um momento de desânimo, para outras ela tem sido uma oportunidade de se dedicar ao que se ama, como é o caso da cantora Adriana Calcanhotto. Em praticamente dois meses, ela deu vida a seu novo disco intitulado por "Só (2020)", trabalho que  sucede o álbum "Margem (2019)" e que já na primeira audição, mostra a visão da artista sobre o momento atual. O trabalho de "quarentena" foi o mais rápido de sua carreira, mas primoroso nas letras e ainda melhor que seu último CD. Seu 13° disco de carreira traz nove canções inéditas tendo todos os direitos autorais destinados a instituições de caridade.

Programa Nacional procura facilitar negócios a portugueses na diáspora
Programa Nacional procura facilitar negócios a portugueses na diáspora

Reforçar o apoio ao regresso de portugueses e de lusodescendentes; apoiar o investimento da Diáspora em Portugal; contribuir para a fixação de pessoas e empresas nos territórios do interior; fazer das comunidades portuguesas um fator de promoção da internacionalização de Portugal e de diversificação de mercados da economia nacional são algumas das linhas de ação do Programa Nacional de Apoio ao Investimento da Diáspora. O programa já foi publicado em Diário da República e, entre as novas facilidades, estão o acesso ao serviço “Empresa Online”, o alargamento do “Julgado de Paz Online” e a criação da secção “Medição Familiar Transfronteiriça” (informações em www.portaldascomunidades.mne.pt/).

Série documental procura luso-americanos para mostrar multiculturalidade nos EUA
Série documental procura luso-americanos para mostrar multiculturalidade nos EUA

A realizadora Alexis Barone, que está a desenvolver uma série documental sobre multiculturalidade nos Estados Unidos, procura lusodescendentes para mostrar as especificidades da herança portuguesa no contexto da sociedade norte-americana. "A ideia é levar os americanos que não são emigrantes ou não têm história e cultura além da americana a reconhecerem e aceitarem as dificuldades e a beleza das culturas duais”, disse à Lusa a realizadora. A série vai debruçar-se sobre uma comunidade diferente por episódio, e no caso dos luso-americanos, o plano é acompanhá-los à zona de onde as suas famílias emigraram. A sua intenção é começar as filmagens no verão de 2021.

Atletas do GAU fazem treino de patinagem artística diferente

No passado sábado, dia 15, em vez do habitual treino de patinagem artística ao serviço do grupo Alegre e Unido da Bajouca, a treinadora e umas atletas tiveram a ideia de o fazer de forma diferente. Pegar numa mochila, colocar lanche e almoço e quem quisesse participar, fazer o percurso lagoa da ervedeira, praia do Pedrógão, praia da Vieira e voltar, de patins de quatro rodas, pela estrada atlântica.

Governo quer gabinetes de apoio ao emigrante em todo o país
Governo quer gabinetes de apoio ao emigrante em todo o país

O Governo prevê protocolar, até meados de 2021, a criação de gabinetes de apoio ao emigrante em todas as autarquias do país e alargar as suas competências, anunciou a secretária de Estado das Comunidades, Berta Nunes, em Caldas da Rainha, onde hoje presidiu ao arranque do Encontro Europeu de Jovens Lusodescendentes. A criação de gabinetes de apoio ao emigrante nos 308 concelhos do país vai ser incentivada através da assinatura de protocolos “formação e backoffice [serviços de retaguarda]”, um apoio que, segundo Berta Nunes a Secretaria de Estado das Comunidades já prestava, mas que agora vai ser alargado à atração de investimento, à internacionalização de empresas e ao aumento das exportações, que é o que está previsto no plano nacional de investimento da diáspora”.

Luzes públicas
  • jmol

Será pela persistência matinal do nevoeiro que a iluminação pública permanece ligada manhã fora? Foto tirada às 10h00.

Emigrantes e lusodescendentes com 3.599 vagas no ensino superior
Emigrantes e lusodescendentes com 3.599 vagas no ensino superior

Os emigrantes e lusodescendentes que pretendam frequentar o ensino superior em Portugal podem apresentar as suas candidaturas entre 7 e 23 de agosto, estando disponíveis 3.599 vagas para o próximo ano letivo, anunciou o Ministério dos Negócios Estrangeiros. Estas 3.599 vagas exclusivas para estes candidatos – que representam 7% das vagas no ensino superior público português – abrangem 107 instituições e mais de 5.000 cursos, em todas as universidades e institutos politécnicos. Trata-se do programa “Estudar e Investigar em Portugal”, uma iniciativa do Governo, com o envolvimento da Direção-Geral do Ensino Superior, do Instituto Camões e da Fundação para a Ciência e Tecnologia.

Rádio Portuguesa UK arranca na Internet para chegar à comunidade no Reino Unido
Rádio Portuguesa UK arranca na Internet para chegar à comunidade no Reino Unido

A Rádio Portuguesa UK começou como uma “brincadeira” durante o confinamento da pandemia da covid-19 com o objetivo inicial de informar a comunidade no Reino Unido, mas já ambiciona chegar à diáspora em todo o mundo. As emissões arrancaram no Dia de Portugal, a 10 de junho, e nas seis semanas de funcionamento acumularam uma audiência de 20 mil pessoas. A emissão pode escutar-se através da página da Internet e das aplicações próprias para telemóvel e está presente nas redes sociais, mas estão a ser feitos esforços para obter uma licença para transmitir em FM. "Queremos unir a comunidade, não só no Reino Unido, mas espalhada pelo mundo”, diz João Carlos Faneca, um dos responsáveis do projeto.

Memorial e campas de militares portugueses em França recebem obras de restauração
Memorial e campas de militares portugueses em França recebem obras de restauração

Os trabalhos de restauração do monumento situado no cemitério de Boulogne-sur-mer, próximo do Canal da Mancha, no norte de França, e das 44 campas de combatentes portugueses que morreram na I Guerra Mundial, iniciaram-se na última semana. Estes trabalhos resultam de uma colaboração entre o Estado-Maior-General das Forças Armadas e a Liga dos Combatentes, e têm por objetivo devolver, àquele monumento e campas, a sua dignidade. Em consequência da sua idade e da exposição às condições climáticas, agravadas pela proximidade ao mar, este monumento, inaugurando em 1938, já se encontrava muito degradado e a necessitar de obras de beneficiação.

Inéditos de Amália gravados em Paris são editados dia 23
Inéditos de Amália gravados em Paris são editados dia 23

Uma caixa com cinco CD com gravações inéditas de Amália Rodrigues (1920-1999) em Paris é editada no próximo dia 23, quando a fadista completaria 100 anos, no âmbito da edição da discografia integral da fadista. Dos cinco discos, apenas um deles é já conhecido, o espetáculo de Amália no Olympia, em 1956. Os outros incluem gravações entre 1957 e 1965, de atuações ao vivo e em estúdio na Rádio France, dois espetáculos completos, novamente no Olympia, em 1967 e em 1975, e ainda uma atuação para emigrantes, em 1964. O Olympia, em Paris, foi fulcral para a carreira de Amália, que se referia à capital francesa como a rampa de lançamento do seu prestígio internacional. “De Paris parti para o mundo”.

João Melo Alvim a caminho da Embaixada de Belgrado
João Melo Alvim a caminho da Embaixada de Belgrado

João Melo Alvim vai deixar as funções de Cônsul Geral Adjunto de Portugal em Paris e transferir-se para a embaixada em Belgrado, na Sérvia. O diplomata estava na capital francesa desde 2016, depois de ter sido Adjunto da Secretária Geral do Ministério dos Negócios Estrangeiros. Com ligações a Pombal, João Alvim, 43 anos, é licenciado em Direito e exerceu durante vários anos a profissão de advogado. Em 2012, foi aprovado no concurso de admissão aos lugares de adido de Embaixada. No REGIÃO DE LEIRIA, assinou uma coluna de opinião intitulada “O homem do leme”. A convite do jornal fez também análise política e escreveu sobre cinema, arte de que gosta particularmente.

"Ela adora o nosso país"
"Ela adora o nosso país"

A Alicia Costa, de 8 anos, nasceu e vive em França. Este ano, por ocasião do 10 de Junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades, fez esta ilustração e enviou-a ao REGIÃO DE LEIRIA. Todas as semanas recebe o jornal em sua casa, em Savigny sur Orge, perto de Paris. “Ela adora o nosso país”, afirmam os pais Célia Marques e Nelson Costa, “e queria partilhar o seu desenho”.

'Podcasts', a nova moda dos portugueses na Alemanha
'Podcasts', a nova moda dos portugueses na Alemanha

O confinamento, provocado pela Covid-19, levou à criação de vários 'podcasts' na comunidade portuguesa a residir na Alemanha, que vão desde o humor à partilha de experiências pessoais ou entrevistas. João Pedro Santos, há dois anos a viver em Kiel, criou o 'Entschuldigung!', um “guia palerma de como (sobre)viver na Alemanha”, desde a separação do lixo, às muitas variedades de batatas ou à forma como os alemães pronunciam “João”. Já o projeto de Denise Pereira, "Bolas de Berlim", conta "as aventuras de uma mulher portuguesa pelos meandros da dating life”. A associação Berlinda aproveitou o período mais “limitado” de oferta cultural para aproximar “os falantes de língua portuguesa".