Ministério dos Negócios Estrangeiros cria Linha de Emergência Covid-19 para regresso a Portugal
Ministério dos Negócios Estrangeiros cria Linha de Emergência Covid-19 para regresso a Portugal

Para dar apoio aos portugueses que se encontrem transitoriamente em viagem no estrangeiro e necessitem de ajuda para regresso a Portugal, o Ministério dos Negócios Estrangeiros criou uma linha de emergência, que funciona em exclusivo pelo email covid19@mne.pt e pela linha telefónica +351 217 929 755, refere o Portal das Comunidades Portuguesas. "Esta linha estará disponível em dias úteis, entre as 9 e as 17 horas, e, fora deste horário, será complementada pela atividade do Gabinete de Emergência Consular em funcionamento 24 horas por dia", refere a nota. Entretanto os estudantes Erasmus portugueses estão a ser contactados pelo Ministério para que seja organizado o retorno a Portugal.

Sessão de planeamento da mobilidade através de jogos

Isto foi um exemplo de como se pode fazer Planeamento colaborativo juntando técnicos e cidadãos de todas as idades. Foi um pequeno exemplo que aconteceu no fórum técnico sobre mobilidade, na demonstração que fiz sobre aplicação de jogos para planear um sistema de transportes. Um agradecimento à Câmara Municipal Marinha Grande pelo convite.

Escritoras contam dez histórias de emigração em livro
Escritoras contam dez histórias de emigração em livro

O livro “Correr Mundo – Dez mulheres, dez histórias de emigração”, lançado dia 8 pela Oxalá Editora no Dia Internacional da Mulher, “dá voz” a uma dezena de escritoras da diáspora através de vários contos. “A saudade da infância e das origens, da língua, da família, as questões da identidade e do desenraizamento, a desvalorização dos emigrantes no país de acolhimento pela natureza do seu trabalho, as dificuldades de adaptação, as viagens até ao país de acolhimento”, são os temas tratados nas dez histórias, revela em comunicado. O livro chega este mês às livrarias em Portugal, estando já disponível na Alemanha.

Remessas de emigrantes cabo-verdianos acima dos 157 M€ até novembro
Remessas de emigrantes cabo-verdianos acima dos 157 M€ até novembro

As remessas enviadas pelos emigrantes cabo-verdianos para o país natal atingiram, de janeiro a novembro de 2019, os 17.434 milhões de escudos (157,5 milhões de euros), aproximando-se de um novo registo máximo, segundo dados oficiais. De acordo com um boletim estatístico do Banco de Cabo Verde, o país recebeu neste período 4.710 milhões de escudos (42,5 milhões de euros) em remessas enviadas pelos emigrantes cabo-verdianos em Portugal. Estima-se que mais de 100.000 cabo-verdianos residam atualmente em Portugal, a segunda maior comunidade na diáspora, logo depois dos 250.000 emigrantes de Cabo Verde nos Estados Unidos.

Emigração para a Dinamarca voltou a aumentar em 2019
Emigração para a Dinamarca voltou a aumentar em 2019

Foram 852 os portugueses que, em 2019, entraram na Dinamarca, segundo os dados do Denmark Statistik, revelou o Observatório da Emigração em comunicado. Aquele organismo dinamarquês contabilizou um total de 80.744 entradas de estrangeiros no país, com os portugueses a representarem 1,1% desse total. Pelo segundo ano consecutivo aumentou o número de entradas de portugueses na Dinamarca. Esse aumento foi de 11,4%, tendo o número de emigrantes portugueses entrado neste país em 2019 representado o segundo valor mais alto deste século. Contudo, a emigração portuguesa para a Dinamarca continua a representar uma fração muito pequena em termos gerais, cerca de 1%.

Cap Magellan promove ensino superior português entre os lusodescendentes
Cap Magellan promove ensino superior português entre os lusodescendentes

Bordéus, Lyon e Paris foram as cidades francesas por onde passou a LusoSup, uma ação da Cap Magellan. A iniciativa, levada a cabo desde o início do ano por esta associação de jovens lusodescendentes em França, tem por objetivo dar a conhecer a quota de entrada no ensino superior reservada aos estudantes com origens portuguesas e que nunca é preenchida. Esta não é a primeira vez que esta associação participa em salões de estudantes, mas é a primeira vez que organiza uma digressão concertada. A Cap Magellan quer agora expandir esta iniciativa, alargando-a sobretudo aos liceus nas regiões onde a comunidade portuguesa é mais numerosa.

97.º Aniversário do Núcleo de Leiria da Liga dos Combatentes

Os Combatentes de Leiria e seus familiares celebraram o 97.º aniversário do NLLC com uma cerimónia de homenagem aos mortos junto ao monumento do Núcleo, uma missa na Sé de Leiria e um almoço e jantar no restaurante O Pinhal da Quinta. Foram atribuídos Testemunhos de Apreço aos Combatentes com 25 anos de associados e Louvores ao Sargento-mor António Tenreiro e à Dra. Daniela Freitas pelo seu excelente trabalho de voluntariado. O Presidente do Núcleo agradeceu às entidades e aos sócios que têm apoiado o Núcleo no desenvolvimento das suas atividades. O Secretário Geral da Liga dos Combatentes salientou a necessidade de dignificar os Combatentes como titulares do reconhecimento da nação.

Assembleia Geral do Núcleo de Leiria da Liga dos Combatentes

No dia 3 de fevereiro, dia de aniversário do Núcleo de Leiria da Liga dos Combatentes (que será celebrado no dia 9 de fevereiro), realizou-se a Assembleia Geral do Núcleo. O Coronel José Pereira, Presidente da Mesa da Assembleia, iniciou os trabalhos e leu a ata da última reunião. Após a sua aprovação pela assembleia passou a palavra ao Major Marto Silva, Presidente da Direção. Este apresentou o Relatório de Atividades e de Contas de 2019 e o Plano de Atividades para o ano corrente. Ambos foram aprovados. No final houve um lanche convívio que consolidou o bom ambiente existente durante a assembleia.

Coleção de Presépios em Fátima

Foi inaugurado, a 4 de janeiro, o espaço museológico da Fraternidade dos Franciscanos Capuchinhos. É uma coleção de 1300 presépios, com origem nos cinco continentes. Uma coleção que vale a pena visitar num local lindíssimo... e com uma mensagem inspiradora.

Comunidade luso-venezuelana voltou a celebrar as Festas das Fogaceiras
Comunidade luso-venezuelana voltou a celebrar as Festas das Fogaceiras

A comunidade luso-venezuelana celebrou por estes dias e pela 20.ª vez, as Festas das Fogaceiras, em honra do mártir São Sebastião, uma iniciativa que teve, segundo os organizadores, pouca participação de jovens, devido à emigração de lusodescendentes que escapam da crise no país. “Nos primeiros anos tínhamos um grupo de jovens nos quais víamos garantido o futuro desta organização, mas hoje 90% dessa juventude já não está na Venezuela", disse à Lusa Rodrigo Ferreira, o presidente da Associação Amigos de Terras de Santa Maria da Feira, de onde provém a tradição. As festas chegaram a reunir quase um milhar de pessoas, mas Rodrigo Ferreira acredita que a devoção persiste e vai manter-se.

Restaurante português considerado o melhor do Canadá
Restaurante português considerado o melhor do Canadá

“Ma Poule Mouillée” (A Galinha Molhada, em português), é o nome do restaurante no topo da lista dos 100 melhores locais para comer no Canadá, elaborada pela rede social Yelp. O restaurante, que abriu há seis anos, em Montreal, é dirigido por Tony Alves, emigrante português, com raízes em Arcos de Valdevez. Segundo Tony Alves, o segredo do sucesso está no molho picante que já conseguiu que muitos dos utilizadores da rede social elegessem o frango assado que serve, como o melhor da cidade. Os ingredientes do molho são um segredo que não revela. São, afinal, a alma deste negócio que conseguiu encimar a lista de restaurantes da Yelp naquele país.

Empresário leiriense nomeado como português de valor
Empresário leiriense nomeado como português de valor

O leiriense Armindo Casalinho, empresário na área da construção, radicado em França, é um dos nomeados para a 10.ª edição do prémio "Portugueses de Valor", uma iniciativa organizada pela revista da diáspora Lusopress, meio de comunicação social da comunidade lusa em França. A iniciativa aposta em “valorizar anualmente 100 portugueses que se encontram espalhados pelo mundo, e cujo percurso profissional, pessoal ou associativo se tem destacado em prol das Comunidades Portuguesas”, revela a revista. O processo de nomeações para a edição dos “Portugueses de Valor 2020” prossegue, sendo que Armindo Casalinho é, para já, o único emigrante natural da região, a figurar entre os nomeados.

Fados na Tasquinha das Enguias

Depois das enguias fritas, do bacalhau e dos bifinhos com cogumelos seguiram-se os fados da Deolinda. Acompanhada à guitarra por José Pires e Ricardo Dias, a fadista Deolinda Bernardo deu um espetáculo na Tasquinha das Enguias, em Sismarias, Monte Redondo, bastante apreciado pela audiência. Num ambiente de confraternização muito participado, José Pires também cantou alguns fados onde recordou o saudoso Zeca Afonso. Antes da sessão final ainda foram servidos o tradicional caldo verde e o chouriço assado.

Livro recorda emigração para a América por causa da caça à baleia
Livro recorda emigração para a América por causa da caça à baleia

“Açores, uma caça ao sonho americano” é o nome do livro infantojuvenil que acaba de ser editado pela Associação dos Emigrantes Açorianos e que narra a história dos primeiros açorianos que chegaram aos EUA. Trata-se de uma edição bilingue, com 1.500 exemplares. O presidente da associação, Rui Faria, explica que a obra não é dedicada exclusivamente às gerações mais novas com o intuito de conhecerem a emigração açoriana, sendo transversal a todos os que desconhecem esta realidade. O fenómeno começou através da presença dos barcos baleeiros, oriundos da Nova Inglaterra, que tocavam o arquipélago para comprar bens, mas também para caçar os cetáceos existentes nas águas açorianas.

Remessas dos emigrantes subiram 3,6% em 2018 para 3,68 mil milhões
Remessas dos emigrantes subiram 3,6% em 2018 para 3,68 mil milhões

As remessas dos emigrantes subiram 3,6% em 2018, chegando aos 3,68 mil milhões de euros, com mais de metade deste valor a vir da França e Suíça, segundo o Relatório da Emigração, divulgado em dezembro. "As transferências financeiras provenientes da emigração portuguesa têm verificado uma tendência de crescimento, atingindo em 2018 o valor de 3.684.540.000 euros, o que representa 1.8% do PIB nacional", lê-se no documento, que assinala que entre 2014 e 2018 "registou-se um aumento de 20.25%, o que corresponde a um acréscimo de mais de 600 milhões de euros". Reino Unido, Estados Unidos da América, Alemanha, Angola e Espanha são outros países de onde provêem as remessas.

Surf na foz do rio Lis

De passagem pela praia da Vieira de Leiria, dei com cinco surfistas a aproveitar as ondas que se formavam a partir do mar e que continuavam pelo rio acima, na sequência da passagem de uma depressão em território nacional. Apesar dos perigos a que estavam sujeitos - pedras, troncos de árvores ou outros objetos flutuantes -, os surfistas percorriam uma distância considerável sobre a onda, para depois no regresso, aproveitar a forte corrente do rio.

Emigrante radicado em França organiza ceia de Natal para mil pessoas na Guarda
Emigrante radicado em França organiza ceia de Natal para mil pessoas na Guarda

Um empresário português radicado em França organizo no dia 20 uma ceia de Natal solidária na Guarda para mais de mil pessoas, distribuindo também cerca de 300 cabazes a famílias necessitadas da região, com contribuições de outros emigrantes. Originário da aldeia de Trinta, no concelho da Guarda, João Pina gere um grupo de empresas ligadas à construção, recolha de resíduos e limpezas em França, onde se instalou há 35 anos. Após o seu pai ter falecido no início dos anos 2000 no dia do seu aniversário, 20 de dezembro, o empresário português decidiu passar a data com pessoas carenciadas e desde 2015 que organiza esta iniciativa na Guarda.

Encerramento do curso ADC Cuidador da Carlotazinha

Ao fim de quatro meses o curso ADC Cuidador, promovido pela associação Carlotazinha, teve o seu encerramento na ESSLEI, no dia 19 de dezembro de 2019, com a presença do Ley Garcia, Coordenador Pedagógico da Aidlearn, Entidade Formadora responsável pela certificação do curso. Sandra Fontenete e Noémia Santos apoiaram a Presidente da Direção, Fernanda Pereira, no acompanhamento de mais esta edição do curso. Paula Santos, uma das Formadoras voluntárias que ministrou esta última sessão de formação, perguntou a opinião das Formandas, as quais manifestaram uma grande satisfação por terem frequentado o curso, o qual lhes permitirá prestar um serviço de melhor qualidade ao cuidarem dos idosos.